logomaior famejf

logo da         logo gedpoc

AÇÃO DE CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE ESCLEROSE MULTIPLA, EPILEPSIA

 

A Prefeitura de Juiz de Fora, por meio da Secretaria de Saúde, em parceria com a Liga Acadêmica de Neurologia e Neurocirurgia da Faculdade de Medicina da Universidade Professor Antônio Carlos (Fame/ Unipac JF), promove, nesta terça-feira, 6, das 9h às 14h na Galeria do PAM Marechal, uma mobilização social com o objetivo de informar a população sobre as ações de prevenção à Esclerose Múltipla e à Epilepsia.

No local, haverá orientações e distribuição de panfletos sobre as causas dessas doenças, como proceder diante dos sintomas e o que fazer ao presenciar uma crise. “São doenças que não têm cura, porém, com um tratamento eficaz e as devidas orientações, podem ser controladas e amenizadas”, diz Dayane Rezende, presidente da Liga Acadêmica de Neurocirurgia da Unipac.

Esclerose Múltipla

A doença afeta hoje, no Brasil ,cerca de 30 mil pessoas. A forma mais comum caracteriza-se por surtos que se manifestam através de dormência, diminuição da sensibilidade, dor nos olhos, dentre outros sintomas, que serão apresentados na ação. A esclerose múltipla é mais comum em mulheres brancas, na faixa etária de 35 a 50 anos. É uma doença progressiva, no entanto, com tratamento, o paciente pode levar uma vida normal.

Epilepsia

A epilepsia caracteriza-se por uma desordem no cérebro, não possui cura, porém pode ser bem controlada com medicação. No Brasil, cerca de 1,8% da população é afetada pela doença, sendo mais comum sua manifestação na infância.

 

13  

24

Foto: Carlos Mendonça