logomaior famejf

logo da         logo gedpoc

Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar.

Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar em Juiz de Fora

Juiz de Fora vai receber pela primeira vez o Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar, no dia 29 de Agosto. O evento é gratuito, sem fins lucrativos, e ocorre entre 10h às 22h. O lugar escolhido para a estreia é o Independência Shopping, no bairro Cascatinha. 

O Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar é um movimento nacional, que surgiu no estado do Maranhão e, já na sua primeira edição, em 2014, contou com adesão de diversas cidades espalhadas pelo Brasil. Neste ano, em Juiz de Fora, o evento inédito é organizado pela Liga Acadêmica do Trauma e Emergência (LATRE) da Faculdade de Medicina da Universidade Presidente Antônio Carlos (UNIPAC).

 

Através do Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar, espera-se, aoensinar a população manobras importantes que salvam vidas, diminuir a mortalidade atual das vítimas de parada cardiorrespiratória (PCR), que segundo a Diretriz de Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) e Cuidados Cardiovasculares de Emergência da Sociedade Brasileira de Cardiologia: “No Brasil, por ano, cerca de 100.000 pessoas sofrem parada cardiorrespiratória fora dos hospitais (...)" Dessas, 84% ocorrem em domicílios e o restante em locais de grande circulação de pessoas como shoppings centers, estádios esportivos, aeroportos, etc. 

A Diretriz Brasileira de Ressuscitação Cardiopulmonar da Sociedade Brasileira de Cardiologia, informa que "o maior desafio, sobretudo no Brasil, é ampliar o acesso de RCP, estabelecer processos para a melhora contínua de sua qualidade, além de minimizar o tempo entre a RCP e a aplicação do primeiro choque pelo desfibrilador (...)” Ou seja, familiares e amigos precisam estar treinados. 

A parada cardíaca, é um evento que consiste na parada do coração, que é responsável por bombear sangue oxigenado pelo corpo, nos mantendo vivos. Através do rápido início da Reanimação Cardiopulmonar e desfibrilação, podemos fazer o coração da vítima voltar a bater, salvando a vida dessa pessoa! A cada minuto sem as manobras de RCP, a pessoa em parada perde 10% das chances de sobreviver. Tempo perdido é vida perdida! Cerca de 3 minutos após a parada, neurônios começam a morrer. Para tanto, uma adequada integração da comunidade e serviços de emergência precisa ser atingida. Assim, conseguiremos aumentar o número de pessoas salvas, diminuindo os índices de mortalidade.

O evento contará com monitores médicos e acadêmicos de Medicina, enfermeiros, assim como outros profissionais de saúde, devidamente treinados nas habilidades exigidas, que irão repassar aos visitantes os protocolos referentes a cada assunto abordado. Após o treinamento, cada participante receberá um manual informativo com várias dicas em primeiros socorros, além dos protocolos recém-aprendidos. 

O Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar conta com o apoio do Instituto Educacional São Pedro - IESPe; do Independência Shopping; do Serviço de Atendimento Móvel de Emergência - SAMU; da AMPLA Medic Services; da VIVA Eventos; do Diretório Acadêmico Dr. Olamir Rossini – DAOR; da TRINCA Camisas Personalizadas e da Liga Acadêmica de Clínica Cirúrgica da UNIPAC.

Participe deste evento, aprenda você também a salvar vidas!
Todos podem salvar vidas!

www.diadareanimacao.com.br